sábado, 14 de março de 2009

DUJSHEBAEV, Talant (ex-URSS, Andebol)

Talant Dujshebaev Mukhanbetov, nascido a 2 de Junho de 1968, em Bishkek, no Quirguistão (antiga república socialista soviética), foi o maior andebolista russo de todos os tempos e um dos melhores jogadores mundiais de sempre da modalidade.
Dujshebaev jogava na posição de central e, apesar de possuir uma estatura média, tinha um grande poder de impulsão e uma capacidade de remate fora de série, sendo ainda dotado de uma grande rapidez de movimentos, características estas que fizeram dele o melhor jogador do mundo na sua posição.
Dujshebaev jogou em 4 clubes de 3 países da Europa: na Rússia, no CSKA de Moscovo; na Alemanha, no Nettelstedt Minden; em Espanha, no Teka Cantabria e no Ciudad Real. Ao serviço destas equipas, ganhou tudo o que havia para ganhar em matéria de títulos importantes a nível de clubes. Senão vejamos: venceu uma Taça dos Campeões Europeus e uma Liga dos Campeões; ganhou duas Taças das Taças; conquistou uma Taça EHF e uma Supertaça Europeia; venceu duas Ligas soviéticas e 3 Ligas espanholas; ganhou ainda uma Supertaça de Espanha e 5 Taças ASOBAL.
Em 1995, Dujshebaev trocou a nacionalidade russa pela espanhola, passando, naturalmente, a representar a Selecção de Espanha, fortalecendo de que maneira a sua principal selecção de andebol. Ainda antes de se naturalizar espanhol, Dujshebaev já havia sido Campeão do Mundo de Andebol, pela Rússia, em 1993 e tinha conquistado a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992, ao serviço da então denominada CEI (Comunidade de Estados Independentes).
Ao serviço da selecção espanhola, Dujshbaev enriqueceu ainda mais o seu, já de si brilhante, palmarés, indicando-se a seguir as classificações alcançadas por si e pela Selecção de Espanha nas mais importantes competições internacionais de andebol a nível de Selecções: medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996 e nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000; vice-campeão da Europa em 1996, no Europeu de Espanha e em 1998, no Europeu de Itália; 3º classificado no Campeonato da Europa de 2000, na Croácia; 7º classificado no Campeonato do Mundo de 1997, no Japão; 4º classificado no Campeonato do Mundo de 1999, no Egipto; 5º classificado no Campeonato do Mundo de 2001, em França.
Dujshbaev foi eleito, por duas vezes, o melhor jogador do Mundo, em 1994, ainda ao serviço da selecção da Rússia, e em 1996, então já ao serviço da selecção espanhola, tendo sido também considerado o 2º melhor jogador do século e o jogador mais rápido do Mundo.

2 comentários:

andrew disse...

Muito bom o seu blog!Está de parabéns! Também adoro qualquer tipo de desporto, e sou fascinado pelas histórias e "lendas" do mesmo. Quanto ao Dujshebaev, informação correctíssima, dos melhores jogadores que vi jogar!Faltou referir que com ele ficarm míticos os seus remates em basculação, que eram uns tormentos para as defesas contrarias! Continuação de um bom trabalho!! Abraço

ALEXANDRE disse...

Caro amigo. Agradeço a sua visita e as suas amáveis palavras sobre o meu blog. Ainda bem que gostou e espero que o visite mais vezes. Obrigado também pela informação prestada a respeito do andebolista Dujshebaev, a qual é, de facto, importante para completar e enriquecer a sua biografia. Obrigado pela atenção e interesse dispensados. Adeus e até uma próxima opoirtunidade. Um abraço e cumprimentos, Alexandre Ribeiro.